Skip navigation

52970_488229687883468_873839943_o Maria quis ir, um dia, ao outro lado do mundo,

Quis sair do seu jardim, conhecer o mundo, a fundo…

Maria ficou espantada com as coisas que lá viu,

Viu lá casas de papel e meninos cheios de frio.

Mas Maria não sabia, mas Maria não sonhava,

Que haviam lugares no mundo onde a comida escasseava…

Maria ficou parada, não sabia o que pensar.

Tinha pensado que o mundo era a casa onde vivia,

Era o pai e era a mãe,

Era o irmão pequenino,

Era o tio e era a tia,

Que viviam a cantar, do lado onde ela morava…

Se Maria não sabia, também ninguém lhe contava…

Maria olhou p’ros meninos, falavam e riam dela,

Gozavam com o seu vestido, chamavam-lhe “farapela”…

Maria então perguntou: “Porque se riem de mim?”

“Olhem, eu não tenho a culpa, se calhar nasci assim!”

“Já de vestido com folhos, e lacinhos cor-de-rosa…”

Mas os meninos só riam, e chamavam-lhe vaidosa.

Maria correu p’ra casa, passou a tarde a chorar…

Maria contou ao pai, o que um dia descobriu,

O pai deu-lhe um beijo grande, olhou p’ra ela e sorriu.

“Maria…tu és pequena, anda, olha para mim…”

“Compreendo que tens pena, mas o mundo é mesmo assim.”

Mas, se o mundo é mesmo assim, o que é que vamos fazer?

“Não penses mais nos miúdos, que tens mais em que pensar…”

“Olha, acaba de comer, e vai p’ro quarto estudar!”

Alda Maria Maltez

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: