Skip navigation

Alda Maltez – Desenho a lápis de grafite em papel de arquitecto amachucado…

Por vezes arrumarmos um assunto, mais do que enfiá-lo numa gaveta, é trazê-lo para a luz do dia…

Estávamos em 2003 e eu escrevia assim…

Noutra vida…

Essa tua bata branca era um cavalo,

e tu, um cavaleiro corajoso.

Salvavas-me das garras de um tirano,

e eu fugia contigo no seu dorso…

O verde dos teus olhos eram prados,

por onde cavalgávamos sem fim…

e as flores do meu vestido de dormir,

as rosas que colhias para mim.

A tua bata branca era um cavalo,

e tu um cavaleiro corajoso…

Agora o teu cavalo, é uma bata branca,

e tu…um cavalheiro…cauteloso.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: