Skip navigation

 

 

 

 

Não sei o que significa… Sei apenas que são demasiadas coincidências para ser apenas mais uma coincidência. Parece que tudo se repete e isso pode significar que tu és apenas o meu próximo desafio…mais nada!

Mas esse “mais nada”, que aparentemente é só um pormenor pode não ser assim tão simples…se eu me conheço… e além disso a lição que trazes para eu aprender já a interpretei e mesmo assim não a consigo interiorizar. Fico a arranjar desculpas para não me afastar de ti… será que devia mudar de passeio e continuar a andar!? Ou será que devia seguir em frente apenas acautelando não repetir os mesmos erros por ser demasiado impulsiva… E já agora, será que consigo continuar com a minha vida e fazer de conta que não te cheguei a conhecer? Será que já não é tarde demais para isso? E se acabo de novo toda partida e com o coração em carne viva?

És um doce e é por isso que eu gosto de ti…L… mas estou cheia de medo.

É inacreditável! Por incrível que pareça a história repete-se em todos os sentidos e dou comigo a ver-me ”na outra situação”, sabes, e a pensar se tivesse tido as hipóteses que tenho agora, a mesma proximidade que tenho contigo, será que isso teria mudado alguma coisa? A história seria diferente, certamente que sim, mas o final, será que teria sido mais feliz? Não sei. Sei que pelo menos teríamos ficado amigos para sempre, como eu espero que aconteça connosco, e isso era o que eu mais queria. Mas será que não teria sido ainda mais doloroso?

E nós? Que mal nos conhecemos, quem somos nós? Será que a nossa amizade tão recém-nascida vai resistir às provas… às provações… que o universo nos reserva? Sempre acreditei que poderia ser apenas amiga de alguém de quem gostasse para não perder a amizade dessa pessoa e agora…será que vou continuar a pensar dessa forma? Sei que tens algo para mim e eu algo para ti, mas o quê? Sei isso desde o primeiro instante em que o meu olhar cruzou o teu, não foram precisos mais do que dois segundos para perceber…

A minha lição de vida, não sei se te disse, é o desapego, e eu ando a fazer um esforço enorme para conseguir manter a perspectiva… todas as pessoas procuram ser felizes e não há nada de errado nisso. Queria dizer-te que foste uma coisa boa que o universo me enviou e seja o que for que o futuro tenha reservado para nós eu espero que sejamos amigos para sempre.

Desejo-te sucesso, amor, paz, abundância e que concretizes o teu grande desejo se seres pai, que eu sei um dia vai acontecer, e eu espero estar presente na tua vida nessa altura para te felicitar.

Adeus L… até amanhã.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: